sexta-feira, 26 de março de 2010

Arroz de espigos de couve galega

No passado sábado, como já tinha dito, não se comeu carne cá em casa.
Estava eu arrumar a loiça do pequeno almoço e veio o meu querido papá, perguntar se queria espigos de couve galega, então o almoço foi um delicioso arroz com espigos colhido no quintal cá de casa e ... tacho (ma-ra-vi-lha!!) com uma omolete simples!
O arroz fiz assim:
  • Azeite q.b.
  • 1 cebola finamente picada
  • 1 dente de alhor esmagado
  • 1 tomate maduro triturado
  • 1 folha de louro
  • 1 chávena de arroz carolino
  • 3 chávenas de água a ferver
  • Sal a gosto
  • 1 molho de espigos.

Num tacho levei ao lume o azeite (quantidade generosa), juntei a cebola e o alho, assim que a cebola ficou translúcida juntei o tomate a folha de louro, deixei apurar um pouco juntei o arroz, envolvi no refogado e adicionei de imediato ( para não fritar o arroz) a água temperei com o sal, mexi e juntei os espigos, deixei cozer 10 mints e esperei 5mints antes de servir.

A omolete foi simples, porque é como o Menino A gosta mais, bati os ovos apenas com sal, um pouco de pimenta e uma colher de café de fermento.

6 comentários:

  1. Ficou muito lindo seu arroz, o que seria molho de espigos??? Bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá Alma :)
    Esse arroz está com um aspecto de comer e chorar por mais! E a omelete bem simples mas também com muito bom aspecto!
    Beijinho e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  3. Paula, espigos são as rebentos (pontas) que depois dão a flor das couves. Espero ter ajudado.

    ResponderEliminar
  4. Eu sei que foi convidada, F., aliás fui eu que a indiquei e dei o seu link à jornalista Carla Ferreira. Só não a avisei por não ter o seu email. Mas, sinceramente, já temia que a sua resposta fosse negativa.

    Aí está um arroz que não costumo fazer; acho que não é muito popular no Minho. No entanto, já comi, na família do meu marido, que é de Trás-Os-Montes.
    Omelete fiz hoje, uma para cada gosto: fiambre, queijo e outra com cogumelos e cebola picadinha, com salsa. É uma coisa que adoro!
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  5. Eu adoro omolete! De cebola e salsa há muito que não faço o Menino A. não gosta de cebola nem salsa!

    ResponderEliminar